Educação

Encontro reúne dois mil profissionais para debater futuro da educação

Evento realizado em Curitiba integra educadores que trabalham com os programas A União Faz a Vida, do Sicredi, e Cooperjovem, do Sescoop/PR

Nesta quarta-feira, dia 24 de outubro, Curitiba recebe mais uma edição do Encontro Interestadual dos Programas A União Faz a Vida e Cooperjovem, coordenados pelo Sicredi  e pelo Sescoop/PR, respectivamente. São esperadas cerca de duas mil pessoas no evento, que reúne colaboradores das cooperativas envolvidas e educadores do Paraná, São Paulo e Santa Catarina. A iniciativa integra profissionais que trabalham com os programas que são referências na educação integral de crianças e adolescentes contribuindo para despertar a essência do cooperativismo e valorizando a formação de uma sociedade mais colaborativa, ética e empreendedora.

Na edição deste ano, realizada no grande auditório do Teatro Positivo, os convidados serão transportados para o mundo do cinema. Com o tema “Festival Cine Educação - Luz, Câmera, Transformação”, o evento pretende mostrar que as histórias de muitos profissionais que lutam por educação de qualidade poderiam render um filme e inspirar novas ações.

A palestra de abertura será com Leticia Lyle, mestre em Desenvolvimento Curricular e Educação Inclusiva pelo Teachers College da Columbia University (EUA), pedagoga e especialista em ensino e aprendizagem de competências socioemocionais. Também participará como palestrante o arquiteto, empreendedor social e fundador do Instituto Elos, organização não-governamental que trabalha para o empoderamento de pessoas para a construção de espaços com mais qualidade de vida, Edgard Gouveia Júnior. Num outro momento, com apoio da Escola de Criatividade de Curitiba, professores terão a oportunidade de compartilhar, durante 15 minutos, ideias que inovaram e foram protagonistas ...

Cafè Gosto Bom

... de projetos que impactaram suas escolas e comunidades, durante o 15x15.

Segundo o presidente Nacional do Sistema Sicredi e da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock, investir em uma educação colaborativa é um dos princípios do cooperativismo de crédito, que trabalha pelo desenvolvimento das comunidades onde atua. “A educação é a base para uma sociedade mais ética e comprometida, por isso nós reconhecemos a importância de valorizar os educadores e proporcionar um momento para troca de experiências. O evento é o momento para compartilhar iniciativas que fazem a diferença, como o programa A União Faz a Vida, que transforma realidades por meio da educação”, afirma.

Na opinião do presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, é de fundamental importância disseminar os valores e princípios do cooperativismo no ambiente escolar e que muito contribui para a formação do individuo. “Num mundo onde predomina a competitividade e o individualismo, os Programas A União Faz a Vida e Cooperjovem  têm como missão promover a transformação criativa e democrática, levando para sala de aula os princípios básicos que regem o cooperativismo, contribuindo na formação de cidadãos melhores, através da semente da cooperação”, destacou.

A União Faz a Vida

Desenvolvido pelo Sicredi há mais de 20 anos, o programa é a principal iniciativa de responsabilidade social da instituição financeira cooperativa. Somente nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro o projeto já impactou diretamente mais de 99 mil crianças e adolescentes de 764 escolas em 156 municípios. No Paraná o programa completou 10 anos em 2017 e entre os resultados positivos estão o melhor desempenho escolar dos alunos que frequentam as escolas participantes e o maior engajamento dos pais - o que resultou em um aumento médio de 30% no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) nas cidades que receberam o programa.

Cooperjovem

Tendo por objetivo promover o intercâmbio entre as escolas municipais e cooperativas, inserindo  a educação cooperativa no cotidiano escolar, o Programa Cooperjovem, coordenado pelo Serviço de Aprendizagem do Cooperativismo no Paraná (Sescoop/PR), acontece em 367 escolas de 67 municípios, reunindo 31.264 alunos e 1.753 professores capacitados. O programa proporciona aos educadores a vivência do trabalho coletivo e a identificação de práticas educacionais pautadas na cultura da cooperação, formando cidadãos mais solidários, participativos, autônomos e comprometidos com um futuro socialmente justo, democrático e sustentável. A integração escola-família e comunidade é incentivada e promove a construção coletiva de soluções às demandas educacionais.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--