Saúde

Assistência Farmacêutica do Paraná é exemplo para outros estados

Uma comitiva do Estado do Pará, composta por membros da Secretaria de Saúde Pública e do Conselho das Secretarias Municipais Paraense, esteve em Curitiba esta semana para conhecer o trabalho do Departamento de Assistência Farmacêutica (AF) da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. O objetivo da visita foi trocar conhecimentos e compartilhar as experiências exitosas, como a do Consórcio Paraná Saúde, que adquire e distribui os medicamentos básicos para 395 municípios paranaenses.

“Nestes três dias, pudemos conversar sobre os desafios que enfrentamos e absorver outras estratégias que podemos aproveitar no dia a dia” destacou a coordenadora da Assistência Farmacêutica, Deise Pontarolli.

A diretora do departamento de Assistência Farmacêutica paraense, Agnes Nami Kaminosono, disse que a distribuição e logística de medicamentos e os cuidados farmacêuticos do Paraná são referência para todo o Brasil. “Conhecer de perto esta experiência é enriquecedor, pois vemos que para que as coisas deem certo não é necessário que seja investido tantos recursos. Capacitação de equipe e planejamento podem fazer com que seja possível levar os medicamentos a todos”, afirmou.

No Paraná, a compra de medicamentos é feita de forma centralizada para todos os municípios consorciados. Desta forma, o Paraná consegue adquirir maior quantidade de medicamentos com os recursos financeiros vindos das gestões municipais, estadual e federal.

A secretária de Saúde do município de Redenção, Cleide Mendes, que compunha a cominativa paraense, reforçou que os exemplos do Paraná fazem com que outros estados sintam-se otimistas para colocar em prática seu próprio consórcio de saúde. “Para fazermos um SUS que funcione, estamos buscamos referências que deram ...

Calhau anuncio noticias

... certo. O consórcio de medicamentos do Paraná é uma experiência muito interessante que já gerou ótimos resultados. Estamos trabalhando para conseguir levar os medicamentos a um número cada vez maior de pessoas”, salientou Cleide.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--