Comportamento

Homens participam cada vez mais da criação dos filhos

A figura do paterna que não sabia nem trocar uma fralda está mudando. Cada vez mais surge a necessidade de uma postura mais participativa do homem em cuidar dos filhos, se envolver com a educação e ajudar nas tarefas domesticas. Até décadas atrás essas atividades, na maioria das vezes, era responsabilidade exclusivas somente das mulheres.
A rotina do homem do passado que saia cedo para trabalhar, voltava para casa à noite com o jantar na mesa e as crianças de banho tomado, hoje se contrasta com uma realidade bem diferente. A inserção da mulher no mercado de trabalho e o ritmo de vida cada vez mais acelerado fez com que os homens precisem dedicar mais tempo à família.
Um estudo Global sobre Cuidados com o Lar, que entrevistou aproximadamente 18 mil pessoas de 22 países, indicou que em torno de 70% das pessoas que responderam o questionário online afirmaram que os homens têm “uma responsabilidade maior pela casa e pelo cuidado com os filhos” do que jamais tiveram antes.
Em alguns casos, os homens também buscam trabalhos mais flexíveis, conforme levantamento realizado por uma plataforma de trabalhos freelancer. Uma amostra disso é que quase 47% dos brasileiros cadastrados na plataforma tem filhos. A preocupação em arrumar um emprego fixo e pôr a comida na mesa aparenta ser mais flexível hoje em dia.
Ou seja, mais do que dividir as tarefas de casa e ajudar a cuidar dos filhos, os homens estão aprendendo a dividir o espaço com as mulheres na sociedade e a ter igualdade de responsabilidades e direitos. No mundo globalizado, a tendência que a distinção de gêneros fique cada vez mais escassa. Porém, ainda há muito que melhorar.
Expectativa de venda no comércio
O dia dos pais deve movimentar mais de 11 milhões na economia. Segundo pesquisa do Serviço de proteção ao Crédito e da Confederação nacional dos lojistas estima que 57% dos brasileiros tem intenção de comprar presentes para os pais, gastando em média R$ 120,00.
ACICAF
O comércio de Cafelândia deverá abrir no sábado (12) em horário especial. Isso por conta de uma solicitação da Associação Comercial e industrial (ACICAF) que pediu ao prefeito autorização através de um decreto que lojistas fiquem abertos até as 18hrs de forma facultativa, ficando a critério de cada empresa seguir ou não o horário.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--