Segunda, 01 de Março de 2021 04:08
45 99954 3000
Esportes Fifa

Fifa testará substituição por concussão durante o Mundial de Clubes

Competição acontecerá entre 1 e 11 de fevereiro no Catar

08/01/2021 19h14
206
Por: Da Redação Fonte: Agência Brasil
Imagem Ilustrativa/ Pixabay
Imagem Ilustrativa/ Pixabay

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (8) que testará durante a próxima edição do Mundial de Clubes a disponibilização de uma substituição extra para as equipes em casos de concussão.

Segundo a entidade máxima do futebol, a iniciativa, que será avaliada durante a competição marcada para o período de 1º e 11 de fevereiro no Catar, tem como objetivos: “Enviar uma mensagem forte de que, em caso de dúvida, o jogador deve ser retirado; evitar que um jogador sofra outra concussão durante a partida, pois vários incidentes com ferimentos na cabeça podem ter consequências muito graves; reduzir a pressão sobre as equipes médicas para fazer uma avaliação rápida; e estabelecer um procedimento simples que pode ser aplicado em todos os níveis do jogo”.

A competição terá um protocolo, segundo o qual, “cada equipe terá permissão para usar no máximo um substituto por concussão em uma partida; esta substituição poderá ser feita independentemente do número de substitutos já utilizados”.

 

Classificados para o Mundial de Clubes

Seis equipes já garantiram vaga na próxima edição do Mundial: Bayern de Munique (Alemanha), Ulsan (Coreia do Sul), Al Ahly (Egito), Tigres (México), Auckland City (Nova Zelândia) e Al Duhail (Catar).

O último participante da competição será conhecido em 30 de janeiro, quando será realizada a final da Copa Libertadores. Palmeiras, Santos, Boca Juniors (Argentina) e River Plate (Argentina) lutam pela vaga.

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias