Sábado, 06 de Março de 2021 06:00
45 99954 3000
Saúde Vacinação

Município de Cafelândia já conta com 60 profissionais da Saúde vacinados contra a Covid-19

É importante que esses profissionais que estão recebendo a primeira dose lembrem-se da segunda após 25 dias.

22/01/2021 11h22 Atualizada há 1 mês
322
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Assessoria
Foto: Assessoria
Foto: Assessoria
Na última quarta-feira (20) foi iniciada, em Cafelândia, a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 para os profissionais da saúde que atuam na linha de frente no enfrentamento a pandemia.

Ao todo foram disponibilizadas 108 doses que serão usadas primeiramente a esses profissionais. Até esta sexta-feira (22) pela manhã, 60 profissionais já foram imunizados. “Estamos seguindo todos os protocolos encaminhados pelo Ministério da Saúde e pela Regional de Saúde, como o agendamento do horário de vacinação e os critérios dos grupos”, destacou a enfermeira do setor de Epidemiologia da secretaria de Saúde, Nelsi Nunes.

De acordo com o Plano Nacional de Imunização – PNI - os primeiros a receber a vacina são os funcionários da secretaria de Saúde que trabalham na linha de frente da pandemia. “ A vacinação está acontecendo de forma gradativa, sendo que os profissionais da saúde que atuam diretamente com a população acometida ou com suspeita do coronavírus estão sendo imunizados primeiramente. Tínhamos uma estimativa de 68 profissionais, como a Regional nos encaminhou algumas doses a mais, ofertamos aos odontólogos (dentistas) já que o risco de exposição ao vírus pelo contato é alto, aos profissionais de fisioterapia que atendem pelo município e aos motoristas que transportam pacientes. Claro, que gostaríamos de vacinar todos os profissionais de saúde, mas nesse momento com o número de doses que recebemos isso não é possível, mas de forma gradativa conseguiremos atender a todos”, destacou Nelsi.

Ainda segundo Nelsi, é importante que esses profissionais que estão recebendo a primeira dose lembrem-se da segunda após 25 dias. “A imunização para ser completa é necessária as duas doses respeitando esse intervalo de tempo. Fizemos o nosso Plano Municipal de Imunização, de acordo com o Plano da Influenza; com exceção apenas das gestantes, lactantes e menores de 18 anos, que segundo o Ministério da Saúde, não receberam nessa primeira etapa”, afirmou Nelsi.

Plano

Fizemos o nosso Plano Municipal de Imunização, de acordo com o Plano da Influenza; (Elaboramos o Plano Municipal de Vacinação baseando-se no Plano do estado e a estimativa do público alvo a ser vacinado foi baseada no números na meta de vacina da Influenza em 2020), com exceção apenas das gestantes, lactantes e menores de 18 anos, que segundo o Ministério da Saúde, não receberam nessa (que não podem receber a vacina ainda por falta de estudos de eficácia/eventos adversos) terá o seguinte cronograma: profissionais da saúde; pessoas de 80 anos ou mais; pessoas de 75 a 79 anos; pessoas de 70 a 74 anos; pessoas de 65 a 69 anos; pessoas de 60 a 64 anos; pessoas em situação de rua; força de segurança e salvamento; pessoas com comorbidades; trabalhadores da Educação e da Assistência; pessoas com deficiência permanente severa; caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo. “Lembrando que de acordo com o Estado, esses grupos prioritários serão vacinados até o fim de maio, conforme a disponibilização das vacinas por parte do Governo Federal. Tudo são previsões conforme o número de vacinas repassadas”, encerrou Nelsi.
 
 
 
 
Leia também: 
 
 
 
 
Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias