Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 06:48
45 99954 3000
Saúde Saúde

Fevereiro laranja: Você sabia que o hemograma pode auxiliar na investigação da leucemia?

Existem vários tipos de leucemia, sendo que são separadas conforme a morfologia das células, forma e velocidade em que a doença evolui

23/02/2021 14h28 Atualizada há 3 dias
96
Por: Thiago Willian Fonte: Barbara Conti - Assessoria de Comunicação
Secom Goiás/ Imagem ilustrativa
Secom Goiás/ Imagem ilustrativa
O hemograma é um exame de sague indicado para auxiliar no diagnóstico de múltiplas doenças e também para o acompanhamento das mesmas. O teste avalia as células sanguíneas do paciente, verifica a contagem de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. O exame é fundamental na investigação de pacientes com leucemia, sendo considerado importante teste para a suspeita de cânceres hematológicos. O resultado do hemograma pode apresentar alterações na contagem das séries hematológicas: plaquetas responsáveis pela coagulação, glóbulos vermelhos que quando baixos causam a anemia e nos valores dos glóbulos brancos responsáveis pela defesa do organismo contra agentes infecciosos.

Para a hematologista e oncologista do laboratório Frischmann Aisengart, Jerusa Miqueloto, o hemograma está entre os exames mais importantes no diagnóstico da doença. "A leucemia aguda, pode ser indicada diante das alterações das três séries do hemograma. Na maioria das vezes, uma leucemia aguda pode ser notada com a diminuição da hemoglobina, aumento do número de leucócitos, queda da contagem de plaquetas e presença de blastos no hemograma, que são os leucócitos baixos que ainda não se diferenciaram. Um paciente com leucemia crônica, pode apresentar aumento dos linfócitos indicando anomalia nas células maduras, que pode cursar ou não com alterações de plaquetas ou da hemoglobina, dependendo da fase da doença", explica Miqueloto.

Os especialistas devem solicitar outros exames para conclusão do diagnóstico e checar exatamente o subtipo da leucemia. "Os exames realizados para complementação diagnóstica são o mielograma e a imunofenotipagem de medula óssea. A coleta de material é feita por meio da aspiração do osso da bacia ou do esterno, na qual uma pequena amostra de sangue é coletada e encaminhado para análise em laboratório especializado", conta.

Existem vários tipos de leucemia, sendo que são separadas conforme a morfologia das células, forma e velocidade em que a doença evolui. As leucemias crônicas evoluem lentamente, já a aguda costuma piorar de maneira rápida. "Existem também alterações genéticas relacionadas a subtipos de leucemias que auxiliam no diagnóstico e também no prognóstico da doença. Por exemplo, na LMC (leucemia mieloide crônica) quase sempre ocorre uma fusão entre os cromossomos 9 e 22, chamada cromossômo Filadélfia (Ph) ou mutação do gene BCR-ABL, nos pacientes que desenvolvem essa doença. Este diagnóstico é possível por meio da análise do cariótipo da medula óssea ou de exames genéticos específicos, que podem ser coletados de sangue periférico, disponíveis no laboratório", comenta Jerusa.

Os sinais da leucemia são relacionados ao aumento do risco de infecções por queda das defesas do organismo, palidez cutânea e cansaço devido anemia e aumento de sangramentos por alterações de plaquetas e da coagulação. O paciente pode ainda apresentar: aumento de gânglios linfáticos, perda de peso e dores nos ossos. O monitoramento e o tratamento da doença são essenciais para garantir o bem-estar e a qualidade de vida do paciente. Para cada caso existe um tratamento específico indicado, como por exemplo a quimioterapia, a leucemia deve ser tratada em centros especializados por especialistas.
 

Leia também: Preço dos adubos pode subir, a sugestão é que a compra seja antecipada

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cafelândia - PR
Atualizado às 06h40 - Fonte: Climatempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 31°

19° Sensação
21.8 km/h Vento
81.4% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Domingo (28/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias