Sexta, 28 de Janeiro de 2022
22°

Pancada de chuva

Cafelândia - PR

Mulheres Plurais Advocacia feminista

Advogada prioriza proteção das mulheres e atende exclusivamente o público feminino

Atuação nas esferas penal, trabalhista e de família, advogada paulista traz representatividade para pautas plurais e majoritárias como direitos sexuais e reprodutivos.

01/03/2021 às 09h46 Atualizada em 01/03/2021 às 09h56
Por: Fonte: Cata-Vento Comunica
Compartilhe:
Para Natália, somente uma atuação jurídica feita por mulheres e para mulheres, com teses e um olhar diferenciado, humanizado e feminino pode acabar com a epidemia da violência contra a mulher no país. Foto: Cata-Vento Comunica
Para Natália, somente uma atuação jurídica feita por mulheres e para mulheres, com teses e um olhar diferenciado, humanizado e feminino pode acabar com a epidemia da violência contra a mulher no país. Foto: Cata-Vento Comunica

Natália Veroneze, paulistana, advogada, formada em Direito desde 2011, viu o propósito de sua carreira mudar ao longo de sua gravidez em 2005, junto com a maternidade de Lucca, nasceu também uma advogada com um novo olhar. Na época, vivia em Salvador – BA e participou de uma capacitação sobre violência obstétrica que mudou sua perspectiva sobre a violência contra a mulher.

Foi a partir desse curso que se reencontrou em sua carreira, tornando-se ativista em defesa das causas femininas, transformando sua vida pessoal e profissional para um caminho mais plural, em favor de pautas sociais sobre as mulheres, as mães e a infância, a partir de um tema central: direitos reprodutivos e sexuais.

“Eu já havia atendido mais de seis mil pessoas e sentia que meu trabalho era mecânico, robotizado e muitos assuntos das mulheres eram deixados para trás, em especial a violência psicológica, patrimonial ou física. Após o curso, eu passei a advogar exclusivamente para mulheres”, enfatiza Natália.

Atuante na advocacia para Proteção das Mulheres em atendimento nas esferas penal, trabalhista e família, é integrante da Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher da OAB-Bahia e do CAOS. A - educação sexual e outros direitos - um movimento com foco em dar visibilidade e encontrar soluções para questões políticas urgentes sobre Direitos Humanos e Direitos da Mulher.

Recentemente, a advogada voltou para São Paulo – SP e abriu, no ABC Paulista, o primeiro escritório feminista que advoga em favor das mulheres. Para Natália, somente uma atuação jurídica feita por mulheres e para mulheres, com teses e um olhar diferenciado, humanizado e feminino pode acabar com a epidemia da violência contra a mulher no país.

“Contribuo com várias ações, como a elaboração de novas leis e ações de impacto social, como ocorreu com a Nova Lei que define a licença-maternidade de seis meses. Outras pautas que acompanho de perto, é o reconhecimento da Violência Obstétrica nos hospitais”, explica Natália.

+ Advocacia feminista

Natália Veroneze também realiza consultoria jurídica para escolas, entidades filantrópicas, até mesmo outros escritórios de advocacia que precisam se aprofundar em temas específicos sobre direitos das mulheres, como violência de gênero. Além de palestras, workshops sobre direitos garantidos por lei da saúde da mulher, alienação parental, bullying cibernético contra crianças e adolescentes, violência de gênero no mercado de trabalho, violência contra a mulher que se torna mãe, dentre outras pautas.

Uma ação apoiada pela advogada é Movimento Civil a Favor da Segurança Íntima: que é um abaixo-assinado, que busca garantir o acesso universal à educação sexual e sem a inclusão de representantes de entidades religiosas no projeto de resolução da ONU. Já são mais de 26 mil assinaturas desde julho de 2020, precisam chegar em 35 mil.

Mais informações

Movimento Civil a Favor da Segurança Íntima: abaixo-assinado

Site: www.nataliaveroneze.com.br

Instagram: natalia.veroneze

 

Leia também: Dia Mundial de Zero Discriminação destaca o fim das desigualdades

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias