Sábado, 15 de Maio de 2021 21:20
45 99954 3000
Agronews Cooperativismo

Suinocultura Digital: Copacol destaca uso de medicamentos

Entre os vários assuntos abordados, a médica veterinária destacou sobre os manejos diários para identificação de patologias, a aplicação correta dos medicamentos, tratamento adequado para cada doença, e demais cuidados com os animais.

13/04/2021 10h20 Atualizada há 1 mês
190
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Copacol
foto: Copacol
foto: Copacol

Os cooperados da Copacol participaram de mais uma edição da Suinocultura Digital, evento on-line sobre o uso racional de antibióticos na atividade, pelo Canal oficial no Youtube.

A abertura foi feita pelo supervisor da integração suínos e leite, Caio Domingues de Macedo, com explanação do assunto pela médica veterinária da Copacol, Glaci Adelia Kasper Ertel, que é sanitarista de terminação e mestranda em patologia animal pela Universidade Federal do Paraná.

Entre os vários assuntos abordados, a médica veterinária destacou sobre os manejos diários para identificação de patologias, a aplicação correta dos medicamentos, tratamento adequado para cada doença, e demais cuidados com os animais.

“Hoje, o suíno tem um grande potencial genético, exige uma alta performance do animal e com isso ele tem predisposição maior para doenças, principalmente respiratórias. Por isso, o manejo diário precisa ser diferenciado, respeitar todas as normas e alicerces de produção animal, assim garantimos excelência nos demais processos e a qualidade da carne que o consumidor procura”, afirma Glaci.

O Brasil é considerado o 4º maior produtor de carne suína e o 4º maior exportador. Isso faz com que a busca por melhores manejos com foco nas boas práticas de produção animal seja cada vez mais intensa, como é o caso da Copacol, que hoje envia para a Frimesa uma média mensal de 28.500 suínos.

“As boas práticas de manejo interferem diretamente na qualidade do produto, por isso, a Copacol está sempre disposta a auxiliar e orientar o produtor quanto a aplicação correta dos medicamentos e os cuidados quanto a carência para abate. São as informações das medicações anotadas na ficha do lote que garantem a liberação para abate dos animais”, orienta Glaci.

Os produtores também foram orientados sobre a o local correto de aplicação dos medicamentos – quando injetáveis, a armazenagem dos produtos e materiais utilizados nos manejos, além das boas práticas de conservação, como a limpeza diária dos equipamentos e lubrificação, cuidados com as agulhas em uso e o correto descarte dos materiais. “Qualquer dúvida que os produtores tiverem, podem entrar em contato com a equipe técnica da Cooperativa”, conclui.

 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/
Telegram: https://t.me/jinte

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cafelândia - PR
Atualizado às 21h19 - Fonte: Climatempo
18°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 26°

18° Sensação
0.8 km/h Vento
60.4% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (16/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Segunda (17/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias