Sábado, 16 de Outubro de 2021
19°

Pancada de chuva

Cafelândia - PR

Trânsito Informação

Transporte público de Cascavel muda horário de circulação a partir de segunda (19)

Os idosos acima de 65 anos, que têm direito à gratuidade, agora poderão utilizar o transporte também a partir das 20h.

15/04/2021 às 14h34 Atualizada em 15/04/2021 às 14h39
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Governo Municipal de Cascavel
Compartilhe:
Foto: Governo Municipal de Cascavel
Foto: Governo Municipal de Cascavel

Uma portaria da Autarquia Municipal de Trânsito, Mobilidade e Cidadania (Transitar) que será publicada no diário oficial amanhã (16) altera o horário de circulação dos ônibus do transporte coletivo em Cascavel.

A mudança, que vale a partir de segunda-feira (19), estende o horário, e os veículos passam a circular das 6 às 23h. De acordo com Simoni Soares, presidente da Transitar, a mudança ocorre devido a alteração do toque de recolher, que foi reduzido em decretos do Estado e do Município.

Os veículos circularão com lotação máxima de 50% da capacidade de transporte de passageiros e serão mantidas as demais medidas de controle para garantir a segurança dos usuários.

Idosos

Os idosos acima de 65 anos, que têm direito à gratuidade, agora poderão utilizar o transporte também a partir das 20h. Com as novas definições, eles poderão usar o transporte de segunda a sexta-feira das 9h às 16h e a partir das 20h. Aos sábados a partir das 9h e aos domingos sem restrições de horários.

Transporte Coletivo Seguro

Diversas medidas sanitárias e de controle foram adotadas pela Transitar, visando a manutenção do transporte dos passageiros e a segurança quanto a transmissão da Covid-19. Com o intuito de confirmar a efetividade destas medidas, a Autarquia realizou um monitoramento do sistema desde o seu retorno, em 22 de março, e os números apontam para a eficácia destas medidas.

Através dos relatórios encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde com os casos positivados entre 22/03 a 13/04, são 732 pessoas, sendo que destas 132 possuem o cartão-transporte ativo, representando 18% do total de casos e que, em tese, poderiam ser contaminados no transporte coletivo.

O comparativo utilizou como base a data de inicio de sintomas, considerando que o sistema retornou em 22/03 e, até esta data, aqueles que apresentaram sintomas não poderiam ter contraído o vírus no transporte coletivo, representando um total de 18,69% (63 cartões ativos, de 337 casos positivos). Entre os dias 23 e 29/03, o relatório trouxe 214 casos positivos e destes 31 com cartões ativos (14,48%).

No período apurado de 30/03 a 05/04, foram 20,99% (38 cartões ativos, de 214 casos confirmados), no entanto, esse foi o período do feriado de Páscoa, o que trás a discussão dos locais de contágio, tendo um dado de análise diferente a ser considerado, sendo excluído da média para uma avaliação mais precisa. "Considerando o primeiro levantamento, que leva em consideração o período onde o transporte coletivo estava suspenso, podemos afirmar que o serviço cumpre o objetivo de garantir segurança ao usuário e por essa razão continuaremos avaliando diariamente e adotando todas as medidas necessárias para que não haja mudanças negativas neste cenário", explica Simoni.

Outra importante medida avaliada pelo setor de transportes é a efetividade do bloqueio do cartão-transporte dos usuários que testarem positivo, conforme os relatórios enviados pela Sesau. Até o dia 13/04, dos 132 cartões ativos, mais de 10% foram utilizados durante o período de isolamento (antes do bloqueio), informação esta repassada detalhadamente para a Secretaria de Saúde, para que sejam feitos os encaminhamentos para as providências cabíveis.

 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/
Telegram:https://t.me/jinte

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias