Quarta, 16 de Junho de 2021 23:26
45 99954 3000
Geral Amazonas

Enfermaria Psiquiátrica do sistema prisional é reformada por reeducandos do “Trabalhando a Liberdade”

Dessa vez, 10 reeducandos do CDPM 1 executam reparos na Enfermaria Psiquiátrica do sistema prisional, anexa ao local.

13/05/2021 00h20
93
Por: Da Redação Fonte: Secom Amazonas
Ao todo, 10 reeducandos executam reparos na Enfermaria Psiquiátrica do sistema prisional - FOTO: Divulgação/Seap
Ao todo, 10 reeducandos executam reparos na Enfermaria Psiquiátrica do sistema prisional - FOTO: Divulgação/Seap

Internos do programa de ressocialização implantado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), “Trabalhando a Liberdade”, atuam na reforma de mais um estabelecimento penitenciário. Dessa vez, 10 reeducandos do Centro de Detenção Provisória Masculino 1 (CDPM 1), no km 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista), executam reparos na Enfermaria Psiquiátrica do sistema prisional, anexa ao local.

Ao longo de quase cinco anos de existência, essa é a primeira vez que a enfermaria passa por revitalização. A mão de obra dos internos promete proporcionar melhorias na estrutura física da enfermaria, e consequentemente, na oferta dos atendimentos social, psicológico, psiquiátrico e fisioterapêuticos, que são prestados aos detentos de todas as unidades prisionais de Manaus.

No local, os ‘amarelinhos’ realizam serviços de alvenaria, com a construção de camas concretadas e o levantamento de paredes de uma sala de aula; refrigeração e limpeza de condicionadores de ar, parte elétrica; pintura e revitalização da horta, nesta última atividade contarão com o apoio de três pacientes da enfermaria psiquiátrica.

A Enfermaria Psiquiátrica atende os presos que estão cumprindo medida de segurança e apresentam algum transtorno mental. No local, são realizados atendimentos diários individuais com os pacientes; e em grupo, quando necessário; mais terapias ocupacionais e psiquiátricas.

Para o diretor da Enfermaria Psiquiátrica, Marcos Jorge de Oliveira, a ocupação veio em boa hora. “Essa ocupação é extremamente necessária para a higiene mental e física dos pacientes. A revitalização do local vai melhorar a qualidade de vida dos internos e as condições de trabalho dos profissionais desta unidade”, comentou.

Remição de pena 

A Lei de Execução Penal (LEP) assegura ao interno trabalhador o direito à remição de um dia de pena a cada três dias trabalhados.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias