Quarta, 22 de Setembro de 2021
25°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Saúde Dengue

Setor de Endemias vistoria locais com maiores índices de infestação do Aedes aeypti em Cascavel

Ação será na região do Bairro Cascavel Velho nesta quarta-feira e está programada a vistoria de 2.770 imóveis.

07/07/2021 às 08h41 Atualizada em 07/07/2021 às 08h48
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Governo Municipal de Cascavel
Compartilhe:
Foto: Governo Municipal de Cascavel
Foto: Governo Municipal de Cascavel

A Vigilância em Saúde Ambiental dá continuidade, nesta quarta-feira (7), às ações de vistoria para identificar focos da dengue e irá verificar 2.770 imóveis na região do Jardim Veneza. A região apresentou, no último Levantamento de Índice Rápido de Amostral (Liraa), 2% de infestação do mosquito Aedes aegypti. Na média, a infestação em Cascavel ficou em 1%, considerado médio risco.

A vistoria será iniciada pelo Jardim Veneza e os agentes irão reforçar as orientações aos moradores e eliminar focos do mosquito. De acordo com Clair Wagner, gerente da Vigilância em Saúde Ambiental, é importante que a população receba os agentes. 

“A Secretaria de Saúde pede colaboração na recepção dos agentes de endemias para a realização da vistoria e solicita aos moradores que são do grupo de risco ou que estejam com sintomas ou positivos para Covid-19 que informem o agente, no momento da abordagem para inspeção do imóvel”, diz Clair.

A equipe de Educação em Saúde também estará participando na ação com atividades lúdicas, enfrente ao Mercado Puppo do Bairro Veneza.

A concentração das equipes será às 8h na Avenida Comil, esquina com João Goulart, no Jardim Veneza.

 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/
Telegram: https://t.me/jinte

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias