Terça, 28 de Setembro de 2021
36°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Economia Alimentação

Pesquisa avalia o valor da cesta básica em Toledo

A Pesquisa da cesta básica de alimentos de Toledo-PR teve início em abril de 2021 e está sendo divulgada pela primeira vez, juntamente com os resultados de maio e junho.

30/07/2021 às 17h20
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Núcleo de Desenvolvimento Regional (NDR)
Compartilhe:
Esta pesquisa passa a ser permanente e seus resultados serão divulgados todos os meses, atendendo a uma demanda de toda a população de Toledo.
Esta pesquisa passa a ser permanente e seus resultados serão divulgados todos os meses, atendendo a uma demanda de toda a população de Toledo.

O Núcleo de Desenvolvimento Regional (NDR), composto pelo curso de Ciências Econômicas e pelos programas de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (PGDRA) e Pós-graduação em Economia (PGE) da Universidade Estadual do Oeste do Paraná/Campus de Toledo, apresenta a Pesquisa da cesta básica de alimentos para o município de Toledo para os meses de abril, maio e junho de 2021.

A Pesquisa da cesta básica de alimentos de Toledo-PR teve início em abril de 2021 e está sendo divulgada pela primeira vez, juntamente com os resultados de maio e junho. Esta pesquisa passa a ser permanente e seus resultados serão divulgados todos os meses, atendendo a uma demanda de toda a população de Toledo.

O objetivo desta Pesquisa é mostrar o preço médio e a variação no preço dos produtos da cesta básica de alimentos; o valor total e a variação no custo da cesta básica de alimentos individual e familiar; o poder de compra do trabalhador e o salário-mínimo necessário para adquirir a cesta básica para suprir as despesas de habitação, vestuário, transportes, entre outros.

O custo da cesta básica em abril foi de R$ 488,61, passando para R$ 492,57 em maio, que representou um aumento de 0,81%. Em junho, a cesta básica individual passou a custar R$ 489,84, exibindo uma redução de -0,55% em relação a maio. Estes mesmos percentuais se aplicam à variação da cesta básica familiar.

No período entre abril e maio de 2021 os produtos que tiveram aumento significativo nos preços foram a margarina (13,41%), a batata (12,24%), o óleo de soja (8,31%) e o café (8,30%). Por outro lado, o produto que apresentou a maior redução nos preços foi a banana (-21,52%). Os preços variaram em função de mudanças na oferta, relacionados à sazonalidade e também a fatores externos, como o preço do produto no mercado internacional.

Entre maio e junho, os produtos que apresentaram aumento nos preços foram a banana (11,65%), o leite (8,56%), o açúcar (4,36%), a farinha de trigo (2,09%) e a carne (1,76%). Os produtos que se destacam com redução nos preços foram a batata (-35,93%) e o tomate (-10,62%). A redução dos preços da batata e do tomate tiveram influência sobre a redução do custo da cesta básica nesse período e está relacionada ao aumento da oferta destes produtos.

Comparando-se o custo da cesta básica de Toledo com o de outras cidades e capitais do Brasil, observa-se que o seu valor é um dos mais baixos, sendo maior apenas do que é em Recife, nos três meses analisados. A variação no custo da cesta básica em Toledo, entre maio e junho foi negativa em -0,55%, acompanhando o que aconteceu em São Paulo, Campo Grande e Cascavel, que também apresentaram redução.

Acesso à pesquisa completa: https://www.unioeste.br/portal/nucleos-toledo/ndr/510-campus-toledo/nucleos/ndr/57548-pesquisa-da-cesta-basica-de-alimentos-toledo-pr

 

 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/
Telegram: https://t.me/jinte

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias