Terça, 19 de Outubro de 2021
17°

Pancada de chuva

Cafelândia - PR

Agricultura Agronews

Produção do trigo está em alerta devido ao clima no Paraná

Preocupações no mercado apontam que o trigo pode sofrer redução em sua produção.

10/08/2021 às 12h00
Por: Fonte: Da Agrolink
Compartilhe:
Imagem representativa
Imagem representativa

 

Os dados levantados da principal região produtora de trigo do Brasil mostraram preocupações no mercado em relação à “saúde potencial da safra de trigo do Brasil”. De acordo com a agência de relatório de preços britânica AgriCensus, o alarme soou à medida que o clima frio se instala novamente na Região Sul do Brasil,

“Autoridades do Paraná, maior estado produtor de trigo do Brasil, estão começando a avaliar o impacto das geadas recentes nas lavouras, com a entidade agrícola estadual Deral (Departamento de Economia Rural do PR) avaliando 8% da produção atual como ruim e 28% com regular em sua atualização das condições da safra”.

Em contrapartida, 64% do trigo paranaense ainda é classificado como bom. Na semana anterior, as áreas classificadas como ruins e médias eram de 2% e 8%, respectivamente, mas as últimas geadas causaram uma deterioração crucial na qualidade. Victor Martins, da Hedgepoint Global, apontou que, 

“Quando a primeira onda de geada chegou, no final de junho, o trigo não estava em um estágio sensível, mas quando a terceira onda [de frio e geada] atingiu as safras no final de julho, tínhamos mais de 30% das safras de trigo já emergidas, então o dano agora é real e a produtividade pode ser prejudicada”.

No mesmo ponto do ano passado, 89% da área estava classificada como boa, 2% ruim e 9% regular. Fator que o Coordenador da Divisão de Estatística do Deral, Carlos Hugo Godinho salientou em sua fala,

“Isso significa que todas as áreas suscetíveis foram afetadas pelo frio. É difícil saber a intensidade da perda até setembro, pois não temos uma área significativa, apenas 2%, em fruição. Até que tenhamos 40%, não saberemos a extensão dos danos”. 

A estimativa mais recente do Deral é de uma safra de 3,7 milhões de toneladas no Paraná, um aumento de 22% em relação ao ano passado e a maior safra desde 2017. O Brasil deve produzir cerca de 6,9 milhões de toneladas de trigo na campanha de 2021/22, de acordo com projeções do USDA, com as importações atualmente estimadas em 7 milhões de toneladas.

“A produtividade do trigo no Paraná será reduzida e a qualidade será afetada. A necessidade de trigo importado agora se intensificará, mas a questão é se haverá oferta suficiente de trigo do Paraguai e da Argentina”, finaliza Martins, lembrando que esses dois países também enfrentam uma potencial perda de produção em condições semelhantes.

 

 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias