Terça, 30 de Novembro de 2021
29°

Tempo aberto

Cafelândia - PR

Educação Ensino Superior

Vestibular 2022 da UEL reserva 5% das vagas para pessoas com deficiência

A medida valerá já para a edição de 2022, que será realizada em fase única, em 6 de março do próximo ano.

24/08/2021 às 14h22 Atualizada em 25/08/2021 às 10h16
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Pedro Livoratti - Agência UEL
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Foi aprovada, na última quinta-feira (19), a reserva de 5% das vagas do Vestibular da UEL para pessoas com deficiência, cumprindo Lei Estadual 20.443/2020. Essa decisão garante o ingresso desse público nas instituições estaduais de educação superior e de ensino técnico. A medida valerá já para a edição de 2022, que será realizada em fase única, em 6 de março do próximo ano.

Na mesma reunião, realizada em formato virtual, os conselheiros aprovaram a realização do Vestibular 2022 preferencialmente em Londrina, como forma de atender as exigências de distanciamento social, ensalamento dos candidatos e segurança para evitar a transmissão do novo Coronavírus.

De acordo com a Resolução aprovada nesta quinta, a Universidade vai reservar 5% das vagas de cada curso e turno de Graduação a pessoas com deficiência. Os candidatos deverão manifestar interesse no ato da inscrição, se auto declarar deficiente e, ainda, atender os requisitos garantidos por Legislação Federal, conforme descrição – deficiência física, auditiva, visual, monocular,  mental, transtorno do espectro autista e múltipla.

Uma comissão, que será homologada pelo CEPE, e que incluirá representantes do Núcleo de Acessibilidade (NAC) da Pró-reitoria de Graduação (PROGRAD), além de junta médica, deverá ser responsável pela análise dos processos e documentos para comprovar a condição dos candidatos auto declarados deficientes. Segundo a professora Sandra Garcia, da Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS), a Resolução aprovada pelo CEPE tratou da reserva de vagas instituída por Lei Estadual, como mais uma ação afirmativa para uma Universidade ainda mais aberta e democrática.

“É mais um avanço no caminho da inclusão, estamos sim cumprindo a lei, mas não podíamos nos negar a isso”, explicou. De acordo com a professora, existe uma comissão da UEL que a partir de agora passa a debater o atendimento deste público dentro da Universidade, considerando necessidades de adaptações e o atendimento das especificidades.

SISU   

Na reunião desta quinta-feira, o CEPE também ampliou a adesão da UEL ao Sistema de Seleção Unificada (SISU), que considera o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), do Ministério da Educação. Em 2022, a UEL passa a oferecer 616 vagas em 40 cursos de graduação. Em 2021, foram 581 vagas em 35 cursos de graduação.

Na última semana o Conselho de Administração (CA) definiu o valor da inscrição do vestibular 2022, que será de R$ 140. As inscrições serão realizadas entre 20 de setembro e 3 de novembro deste ano.

 

 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias