Terça, 19 de Outubro de 2021
17°

Pancada de chuva

Cafelândia - PR

Saúde Coronavírus

Assis Chateaubriand disponibiliza serviço de reabilitação pós Covid-19

Mesmo que os casos de paciente com Covid tenha diminuído há uma preocupação também com o pós-covid.

03/09/2021 às 18h27 Atualizada em 03/09/2021 às 18h49
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Prefeitura de Assis Chateaubriand
Compartilhe:
foto: pixabay
foto: pixabay

Durante o mês de setembro, a Secretaria de Saúde de Assis implanta o serviço de reabilitação pós Covid-19.  Conforme informações coletadas no momento da alta do isolamento, haverá uma estratificação onde serão elencados alguns critérios, com discussão a nível de regional de saúde.

De acordo com Adriani de Fátima Cardoso, Coordenadora da Atenção Primária, o município estava fazendo acompanhamento do quadro dos pacientes pós Covid-19, que é uma demanda na realidade de Assis Chateaubriand. Mesmo que os casos de paciente com Covid tenham diminuído há uma preocupação também com o pós-covid.

“É um serviço que nós estaremos implantando agora neste mês setembro a pedido de nosso prefeito Valter Aparecido Souza Corria, Valtinho, onde os pacientes no momento da alta no ambulatório, serão estratificados e foram elencados alguns critérios. A nível de regional, já tem alguns municípios que também estarão utilizando esse instrumento pra fazer essa estratificação de risco do paciente no pós-covid.”

A cartilha foi elaborada por profissional médico, psicólogo, fonoaudiólogo, nutricionista, pessoal da enfermagem e educador físico, para assim orientar o paciente, até onde são condições normais no pós-covid, quando ele vai procurar o serviço.

A Coordenadora da Atenção Primária ainda lembra que:  

“Os pacientes de médio risco, que forem assim classificados, serão atendidos por um grupo de atendimento desse paciente toda terça-feira de manhã na Academia da Saúde, então o paciente que é médio risco já sai com horário agendado dessa atividade, da orientação em grupo que vai ser realizada também por médico, psicólogo, fonoaudióloga, nutricionista e aí desse atendimento pode ser que gere uma demanda de atendimento individual que também já vai ser agendado nesse momento. O Paciente que ainda tem alguma sequela, em relação a nutrição, não está adequado ou é psicológico ou até um atendimento que precise de um médico, já vai ser agendado, essa equipe vai atender esse paciente também. Os casos de pacientes de alto risco, que são aqueles pacientes que geralmente precisaram ficar internados ou na enfermaria ou na própria UTI, são os pacientes que serão atendidos no domicílio. Então, quando o paciente receber alta, o hospital vai acionar a secretaria, nós iremos no domicílio com essa equipe, atender esse paciente, orientar essa família, esse primeiro atendimento vai ser feito por essa equipe, é dado o direcionamento, encaminhamentos necessários, e aí a equipe de atenção primária de referência do paciente vai dar sequência no cuidado.”

A Secretaria de Saúde informa que a comunidade pode ficar tranquila, o paciente vai ser orientado no momento que estiver no ambulatório e receber alta do isolamento, assim será direcionado para que ele seja atendido da melhor forma possível.

 

 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias