Terça, 28 de Setembro de 2021
36°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Geral Espiritualidade

Oração Celta do Amor

A sensibilidade celta toca a alma

11/09/2021 às 09h12 Atualizada em 11/09/2021 às 09h32
Por: Roberto C. P. Junior Fonte: O Dia Sem Amanhã
Compartilhe:
Oração Celta do Amor

Que jamais, em tempo algum, teu coração acalente ódio.

Que o canto da maturidade jamais sufoque tua criança interior.

Que teu sorriso seja sempre verdadeiro.

Que as perdas do teu caminho sejam sempre encaradas como lições de vida.

Que a música seja tua companheira de momentos secretos contigo mesmo.

Que teus olhos sejam dois sóis olhando a Luz da vida em cada amanhecer.

Que cada dia seja um novo recomeço, onde tua alma dance na Luz.

Que cada um de teus passos deixe marcas luminosas de tua passagem em cada coração.

Que em cada amigo, o teu coração faça festa e celebre o canto da amizade profunda que liga almas afins.

Que em teus momentos de solidão e cansaço, esteja sempre presente em teu coração a lembrança de que tudo passa e se transforma quando a alma é grande e generosa.

Que teu coração voe contente nas asas da espiritualidade consciente, para que percebas a ternura invisível tocando o centro do teu ser eterno.

Que um suave acalanto te acompanhe, na terra e no espaço, e por onde quer que o imanente invisível leve o teu viver.

Que teu coração sinta a presença do Inefável.

Que teus pensamentos e teus amores, teu viver e tua passagem pela vida sejam sempre abençoados por aquele amor que ama sem nome, que não se explica, mas que só se sente.

Que esse amor seja teu acalanto, viajando eternamente no centro do teu ser.

Que respondas ao chamado do teu dom e encontres a coragem para seguir-lhe o caminho.

Que o ardor do coração mantenha flamejante tua presença em tudo, e que a ansiedade jamais te ronde.

Que tua dignidade exterior reflita a dignidade interior da alma.

Que tenhas vagar para celebrar os milagres silenciosos que não buscam atenção.

Que sejas consolado na simetria secreta de tua alma.

Que sintas cada dia como uma dádiva sagrada tecida em torno do cerne do assombro.

Que a estrada se abra à tua frente.

Que o vento sopre de leve às tuas costas.

Que o Sol brilhe morno e suave em tua face.

Que a chuva caia mansa em teus campos.

E até que nos encontremos de novo, que os deuses te guardem na palma das mãos.

Que teu viver seja pleno de Paz e Luz.

Roberto C. P. Junior

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra.)

Este post em áudio.

_____________________________

Confira os posts desta página já convertidos em áudio acessando as plataformas a seguir:

YouTube: bit.ly/YT-ODSA

SoundCloud: bit.ly/Sound-ODSA

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
O Dia Sem Amanhã
O Dia Sem Amanhã
Sobre Roberto C. P. Junior é espiritualista, mestre em ciências, membro da Academia de Letras e Artes de Portugal e autor de seis obras, dentre as quais: O Dia Sem Amanhã, O Filho do Homem na Terra e Jesus Ensina as Leis da Criação, todas publicadas pela Ordem do Graal na Terra, da qual é membro –> bit.ly/livros-OGT. É responsável pela página "O Dia Sem Amanhã" no Facebook, pelo blog odsa.com.br e canal bit.ly/ODSA-YT.
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias