Quinta, 16 de Setembro de 2021
17°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Agronews Copacol

Semana do Pescado prevê aumento no consumo de peixes

A expectativa neste ano é um aumento de 30% no consumo de peixes no Brasil. Pensando nisso, a Copacol garante receitas mais gostosas e nutritivas.

13/09/2021 às 13h44 Atualizada em 13/09/2021 às 13h54
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Copacol
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

A Copacol participa da 18ª edição da Semana Nacional do Pescado. De 1º a 15 de setembro o setor se une em todo o País com ações promocionais e gastronômicas para incentivar a inclusão da proteína nas refeições diárias, tornando-se a segunda quaresma do ano: a expectativa neste ano é um aumento de 30% no consumo de peixes no Brasil. Através da sua linha de alimentos, a cooperativa compartilha segredos que fazem toda a diferença na hora de preparar uma refeição. 

Mais tempo em casa é sinônimo de uma refeição saborosa, com gostinho de receita de família e uma mesa farta. A pandemia mudou hábitos e fez crescer a demanda por alimentos no Brasil e no mundo. O fenômeno foi sentido de maneira muito significativa com os pescados.

Com uma linha saborosa, a Copacol possui produtos que agradam diferentes paladares: camarão, salmão, merluza, sardinha, cação, tambaqui e pintado. Entre as novidades para surpreender a família e os amigos está a Tilápia Empanada Copacol. Na versão Tradicional ou Multigrãos, em pacotes de 400 gramas, o filé vem prontinho para ser assado ou frito. O influenciador Diego Assalve, conhecido pelos perfis no Youtube e Instagram Receitas de Pai, é o embaixador da categoria de pescados da Copacol, cooperando com os seguidores de todo o Brasil os sabores surpreendentes da marca, com dicas que farão a diferença no dia a dia. As receitas exclusivas, práticas e saborosas, você encontra no diadepeixe.com.br, com fotos, vídeos e até orientações sobre qual bebida acompanha o prato.

Tilapicultura

O Paraná ocupa o primeiro lugar em produção nacional de tilápia, com 166 mil toneladas/ano. Estima-se que sejam 24,6 mil produtores, conforme o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no estado, e 110 mil produtores no Brasil.

A previsão 2021/2022 é um aumento de 25% da demanda interna da proteína, frente as 800 mil toneladas comercializadas ano passado em todo o País. A região sul é responsável por 44% da produção nacional de tilápias e tende a continuar em ascensão.

O sistema integrado de piscicultura, implantado de maneira pioneira pela Copacol há 13 anos, é considerado um dos mais eficientes em todo o mundo. O diretor-presidente da Copacol, Valter Pitol, garante espaço para a produção na cooperativa. 

“Além de espaço no mercado, os produtores possuem logística privilegiada desde a distribuição dos alevinos até a venda do produto. Pretendemos avançar ainda mais no setor, garantindo espaço e produtos de qualidade no mercado nacional.”

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias