Quinta, 16 de Setembro de 2021
17°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Economia Consumo

Cesta Básica em Toledo tem alta de 0,97% no mês de agosto

No mês de agosto, o custo da cesta básica de alimentos de Toledo foi maior que o de Recife, Pato Branco e Francisco Beltrão e mais barata que as demais, incluindo Cascavel e outras capitais selecionadas.

15/09/2021 às 17h31 Atualizada em 15/09/2021 às 17h38
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Daniel Schneider
Compartilhe:
Unioeste
Unioeste

O Núcleo de Desenvolvimento Regional, composto pelo curso de Ciências Econômicas e pelos programas de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio e Pós-graduação em Economia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Campus de Toledo, apresenta a pesquisa da cesta básica de alimentos para o município de Toledo no mês de agosto de 2021.

Os resultados da Pesquisa da cesta básica de alimentos de Toledo divulgados anteriormente mostraram que, entre junho e julho, ocorreu um aumento no custo da cesta básica individual de 5,48% e, entre julho e agosto, houve um aumento de 0,97%. O custo da cesta básica individual passou de R$ 516,70 em julho para R$ 521,69 em agosto. Desde que a pesquisa teve início, no mês de abril de 2021, houve um aumento acumulado no custo da cesta básica de Toledo de 6,71%. Os produtos que apresentaram maior aumento de preços no período abril-agosto foram a batata, que aumentou 41,89%; em seguida aparece o tomate, que aumentou 34,44%, o café com um incremento de 26,03% e a margarina com um aumento de 24,97%.

Assim como na cesta básica individual, houve aumento de 0,97% no custo da cesta básica familiar, passando de R$ 1.550,11 em julho para R$ 1.565,07 em agosto. Um trabalhador que ganha um salário-mínimo não teria condições de adquirir a cesta básica familiar, uma vez que o valor de R$1.565,07 ultrapassa o valor do salário-mínimo vigente em 53,82%, não conseguindo arcar com as demais despesas domiciliares mensais.

Os produtos que apresentaram aumento no preço médio entre julho e agosto foram: a batata (64,02%), banana (27,86%), café (5,25%), a margarina (3,88%),  açúcar (2,09%),  feijão (1,18%),  óleo de soja (0,94%), pão francês (0,75%),  farinha de trigo (0,64%) e o leite (0,15%). Por sua vez, apenas 3 produtos apresentaram redução no preço médio, sendo estes o tomate (-16,45%),  carne (-1,85%) e o arroz (-0,28%).

Da variação total da cesta básica individual para o mês de agosto, que foi de 0,97%, a banana teve o maior impacto, representando 1,74 pontos, seguido da batata com 1,39 pontos. A variação total no custo da cesta básica só não foi maior, pois houve uma redução no preço médio do tomate e da carne.

O valor do salário-mínimo necessário para adquirir a cesta básica e suprir as despesas domiciliares mensais referentes à habitação, ao vestuário, ao transporte, entre outras, em agosto deveria ser de R$4.382,72. Ao comparar o salário-mínimo necessário de Toledo e a média nacional para o mês de agosto, observa-se que o valor nacional seria 27,41% maior que o de Toledo. Deve-se levar em consideração que o salário-mínimo necessário de Toledo corresponde a 3,98 vezes o piso nacional vigente, que é de R$1.110,00.

No mês de agosto, o custo da cesta básica de alimentos de Toledo foi maior que o de Recife, Pato Branco e Francisco Beltrão e mais barata que as demais, incluindo Cascavel e outras capitais selecionadas.  Comparando Toledo (R$521,69) com Cascavel (R$539,57), o custo da cesta de Cascavel é de 3,43% mais cara que a de Toledo e em relação a Porto Alegre, que tem o custo mais alto, a diferença é 27,41% menor.

Acesse a pesquisa completa: https://www.unioeste.br/portal/nucleos-toledo/ndr/510-campus-toledo/nucleos/ndr/57548-pesquisa-da-cesta-basica-de-alimentos-toledo-pr

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/
Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias