Terça, 19 de Outubro de 2021
17°

Pancada de chuva

Cafelândia - PR

Geral Espiritualidade

O Horror do Enrijecimento

A naturalidade do mal

25/09/2021 às 09h00
Por: Roberto C. P. Junior Fonte: O Dia Sem Amanhã
Compartilhe:
O Horror do Enrijecimento

Um processo que ninguém vê nem sente, que ninguém percebe, mas que afeta a humanidade inteira, sem distinção de raça, credo, cultura ou posição social, está em curso na Terra há vários anos. Trata-se do “enrijecimento”.

O enrijecimento de todos os aspectos da vida humana é uma decorrência do afastamento voluntário e contínuo do ser humano da influência de planos mais elevados, onde tudo se acha em movimento permanente, vibrando dentro das leis que governam a Criação.

O enrijecimento arrasta tudo para baixo, para o resfriamento e o enferrujamento progressivo daquilo que um dia já foi mais cálido e mais móvel. Ele provoca um alheamento progressivo em relação à decadência dos costumes, um endurecimento na percepção da realidade. Desse modo, muita coisa que há pouco tempo causava asco e repulsa, passa a ser considerada como inteiramente normal, sendo até incentivada.

O que antes era imoralidade, virou modernidade. O que um dia já foi idealismo arrebatador, tornou-se revolta cheia de ódio. O que tempos atrás era motivo de respeito e consideração, serve agora só de chacota e deboche. Virtudes antes enaltecidas são hoje ridicularizadas. Falsidade virou autenticidade, mentira transformou-se em verdade.

Em nossos dias, adultério é amor livre, corrupção é esperteza, sensualidade é beleza, ladroeira é criatividade financeira, lixo é arte, ruído é música. A lista é interminável. E isso apenas considerando os aspectos maiores, da sociedade como um todo, porque o enrijecimento se infiltra em tudo, até mesmo nas pequenas ações e palavras de cada um.

É como se a humanidade inteira estivesse sendo escoada lentamente para um ralo gigantesco, sem se dar conta. E o mais assustador é justamente isso. Como todos nós estamos inseridos dentro desse colossal processo enrijecedor que abrange tudo, que toma conta de tudo, ninguém, ou quase ninguém, percebe o afundamento geral.

Se dos buracos negros do universo não escapa nem mesmo a luz, do buraco negro do enrijecimento não conseguem escapar nem mesmo os pensamentos.

Roberto C. P. Junior

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra.)

Este post em áudio.

______________________________

Confira os posts desta página já convertidos em áudio acessando as plataformas a seguir:

→ YouTube: bit.ly/YT-ODSA

→ SoundCloud: bit.ly/Sound-ODSA

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
O Dia Sem Amanhã
O Dia Sem Amanhã
Sobre Roberto C. P. Junior é espiritualista, mestre em ciências, membro da Academia de Letras e Artes de Portugal e autor de seis obras, dentre as quais: O Dia Sem Amanhã, O Filho do Homem na Terra e Jesus Ensina as Leis da Criação, todas publicadas pela Ordem do Graal na Terra, da qual é membro –> bit.ly/livros-OGT. É responsável pela página "O Dia Sem Amanhã" no Facebook, pelo blog odsa.com.br e canal bit.ly/ODSA-YT.
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias