Sexta, 03 de Dezembro de 2021
33°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Agronews Soja

Soja cai com predominância das indústrias

Os preços permanecem inalterados

15/10/2021 às 07h55 Atualizada em 15/10/2021 às 08h33
Por: Fonte: AgroLink
Compartilhe:
Ilustração Pixabay
Ilustração Pixabay

As indústrias elevaram os preços da soja no Rio Grande do Sul acima da exportação, se abasteceram e agora voltaram a baixar os preços novamente, de acordo com informações da TF Agroeconômica. “Já no mercado de lotes a configuração foi a seguinte, no melhor momento: R$ 171,00 porto para Fábrica com entrega outubro e pagamento no dia 31; R$ 166,00 Cruz Alta para Fábrica; R$ 169,00 Passo Fundo para Fábrica; R$ 165,00 Ijuí para Fábrica; R$ 166,00; Santa Rosa e São Luiz Gonzaga para Fábrica. Enfim, o dia foi marcado por alta dominância das fábricas e por isso, foram colocados os preços de acordo com as ofertas destas partes. Ao todo, cerca de 4.000 toneladas foram negociadas”, comenta.

Santa Catarina tem mercado muito parado, enquanto os preços se mantem. “Nesta quinta-feira o mercado abre sem força e nada é negociado, os preços se mantiveram nos níveis de ontem a R$ 168,50 para pagamento no dia 30 de novembro. Ademais o ritmo segue lento”, completa. 

“O  mercado  paranaense  segue  travado  nesta  quinta-feira,  sem  interesse  para  os  níveis  atuais  de  preço”,  completa. O produtor  pede  em  torno  de  R$  172,00  a  R$ 175,00/saca,  mas  os  níveis  de  ofertas  de  comprador estão  muito  abaixo  disso,  como  pode  ser  visto  na tabela a lado. No dia de hoje nada foi feito em negócios e os preços foram mantidos. Chicago contou com alta de 0,88%, mas ainda sente a pressão da baixa de ontem e o dólar contou com alta de 0,13%, neste contexto, os lotes permanecem parados” 

No Mato Grosso do Sul, os preços permanecem inalterados, nada de novo no mercado. “Mercado  anda  um  pouco  nesta  quinta-feira,  com  os valores  encontrando  firmeza,  mas  com  pouco interesse.  As  cotações  foram  mantidas  nos  níveis  de ontem e mesmo com Chicago e dólar voltando a subir o  mercado  segue  bastante  frágil”, conclui. 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:

Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/

Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

Telegram: https://t.me/jinte

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias