Terça, 30 de Novembro de 2021
29°

Tempo aberto

Cafelândia - PR

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão rejeita projeto que inclui nome de cônjuge em documento de veículo

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Bosco Costa: proposta aumentaria muito a demanda dos Detrans A Comissão de Viação e Transportes da Câmara do...

20/10/2021 às 12h54 Atualizada em 20/10/2021 às 12h54
Por: Da Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Bosco Costa: proposta aumentaria muito a demanda dos Detrans - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Bosco Costa: proposta aumentaria muito a demanda dos Detrans - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados rejeitou projeto que determina a inclusão do nome do cônjuge no documento do veículo (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo). Conforme a proposta, o CRLV só poderá ser expedido pelo Detran após a apresentação da certidão de casamento.

O Projeto de Lei 8099/17 é da deputada Flávia Morais (PDT-GO). O texto também condiciona a venda do veículo à concordância do cônjuge. Morais alega que as medidas visam preservar o patrimônio familiar, evitando, por exemplo, sua dilapidação pouco antes da separação ou do divórcio.

Porém, o relator, deputado Bosco Costa (PL-SE), não concordou com o argumento. Para ele, as novas regras aumentam a burocracia no processo de compra, venda e transferência de veículos.

“Outro aspecto a ser considerado é o enorme volume de trabalho que a proposta poderia acarretar aos Detrans e ao Denatran [Departamento Nacional de Trânsito], caso o documento de registro de todo veículo de propriedade de um casal precisasse sofrer alteração”, completou Costa.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias