Quarta, 19 de Janeiro de 2022
25°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Esportes Paraná Combate

Londrina sedia competição esportiva inédita no estado e no país

Cidade será sede da 1ª competição esportiva voltada às modalidades de combate

10/11/2021 às 16h50 Atualizada em 10/11/2021 às 17h09
Por: Fonte: Agência de notícias do Paraná
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

Inédito no estado do Paraná e no país, Londrina será sede da 1° competição esportiva voltada exclusivamente às modalidades de combate. Nomeado de Paraná Combate, o evento ocorrerá neste fim de semana (13, 14 e 15) e é uma promoção do Governo do Paraná, por meio da Superintendência Geral do Esporte, com apoio das federações de lutas do Estado.

A estimativa é reunir em torno de 1.500 atletas para a disputa de 10 modalidades de lutas, que acontecerão em versões femininas e masculinas. São elas: Boxe, Capoeira, Jiu-jitsu, Judô, Karatê, Kickboxing, Kung-Fu, Muay thai, Taekwondo e Wrestling.

Segundo o diretor de Esportes da Superintendência, Cristiano Barros d'El Rei, o histórico positivo do Paraná em lutas foi uma das razões pelas quais o Paraná Combate foi criado. “Pela relevância que temos perante o cenário nacional, tivemos a ideia de trazer um mix de Juventude e Abertos e fazer um evento grande destinado somente aos jogos de Combate”, disse.

Dessa forma, a competição se consolida em seu primeiro ano já abrangendo dez modalidades com atletas acima dos 18 anos e três categorias juvenis (13 a 17 anos), nas modalidades de Taekwondo, Judô e Karatê. 

Rodrigo Ferla é diretor técnico da Federação Paranaense de Taekwondo e, tendo sido campeão brasileiro infantil aos 12 anos, sabe mais do que ninguém a importância das competições e do incentivo aos mais jovens. “Isso mostra que o Estado não está olhando apenas para o hoje, mas também para o futuro, trabalhando o fomento dessas modalidades esportivas que vem dando tanto resultado e prestígio pro Paraná”, diz.

Rodrigo Ferla auxiliou, somente em Tóquio 2020, três campeões paralímpicos: Nathan Torquato (ouro), Débora Menezes (prata) e Silvana Fernandes (bronze). “Só da minha modalidade, que é o Taekwondo, nós formamos atletas, técnicos e medalhistas olímpicos, paralímpicos e em mundiais. Então a competição vem aí como reconhecimento deste trabalho também”.

Quanto aos atletas participantes das modalidades adultas, o supervisor técnico dos Jogos Abertos do Paraná, Richarde Salvador, conta que recebeu inscrição de 58 municípios paranaenses. Todas as 12 regiões do estado serão representadas no evento. Para ele, isso é um reflexo do retorno das competições esportivas no estado. 

“Essa retomada foi de fundamental importância para a circulação econômica dentro da área esportiva, e isso envolve prefeituras, federações e atletas de todas as regiões do Estado”, disse.

MODALIDADE - O Paraná Combate 2021 vem sendo organizado desde agosto pela Paraná Esporte e os demais parceiros. Para o próximo ano, a expectativa é oferecer aos atletas uma competição com dias mais afastados, de duração de uma semana, que movimente ainda mais pessoas e que traga novos atletas para a modalidade. 

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:

Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/

Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias