Quarta, 19 de Janeiro de 2022
25°

Poucas nuvens

Cafelândia - PR

Câmara dos Deputados LGBTQIA+

Comissão viabiliza debate sobre população idosa LGBTQIA+

o objetivo do debate é levantar subsídios para a criação de políticas públicas e estratégias de formação dos profissionais de saúde e assistência social

12/11/2021 às 16h08 Atualizada em 12/11/2021 às 16h15
Por: Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa promove na quinta-feira (18) audiência pública acerca do tema "População Idosa LGBTQIA+ e Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs)". As ILPIs são caracterizadas como domicílios coletivos para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, com ou sem suporte familiar, em condição de liberdade, dignidade e cidadania.

O pedido para a realização do debate foi feito pela deputada Tereza Nelma (PSDB-AL) e subscrito pela deputada Norma Ayub (DEM-ES). Segundo Tereza Nelma, o objetivo do debate é levantar subsídios para a criação de políticas públicas e estratégias de formação dos profissionais de saúde e assistência social.

Foram convidados para o debate :

  • o médico geriatra Milton Crenitte Hurst, coordenador do ambulatório de sexualidade da pessoa idosa do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) e diretor de projetos da ONG Eternamente SOU;
  • a ativista Sônia Sissy Kelly;
  • representante da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (MMFDH);
  • representante da Frente Nacional de Fortalecimento de ILPIS; e
  • o médico e gerontólogo Alexandre Kalache, presidente do Centro Internacional de Longevidade Brasil e co-diretor da Age Friendly Foundation.

O evento será realizado no plenário 13, às 14 horas, e terá transmissão interativa pelo portal e-Democracia.

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:

Facebook: https://www.facebook.com/jornalintegracaopr/

Instagram: https://www.instagram.com/jornalintegracaopr/

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias