Segunda, 01 de Março de 2021 13:48
45 99954 3000
Geral Espiritualidade

Acasos Não São Coincidências

A surpreendente história da descoberta da penicilina

08/12/2020 13h36 Atualizada há 2 meses
319
Por: Roberto C. P. Junior Fonte: O Dia Sem Amanhã
Acasos Não São Coincidências

No mês de agosto de 1928, o médico inglês Alexander Fleming resolveu tirar merecidas férias.

Ele vinha fazendo pesquisas com microrganismos desde o final da Primeira Guerra Mundial, dez anos antes, quando fora médico militar, porque havia ficado horrorizado com a quantidade de mortes provocadas por ferimentos em combate. Desde então procurava com afinco alguma coisa que tratasse as infecções, principal causa de óbito dos soldados feridos.

Dr. Fleming trancou a porta do seu laboratório londrino e foi descansar. Mas, na pressa, acabou esquecendo sobre a mesa algumas placas de cultura da bactéria “estafilococus”. Quando voltou um mês depois notou que aquelas placas, que não haviam sido colocadas na geladeira, estavam contaminadas com mofo. Em outras palavras, tinham embolorado.

O pesquisador colocou então as placas estragadas numa bandeja e já se preparava para limpá-las quando um seu colega, o Dr. Pryce, entrou na sala e lhe perguntou como estava indo em suas pesquisas. Fleming tomou novamente as placas para explicar alguns detalhes, porém nesse momento notou algo estranho. Numa delas, uma substância transparente havia se formado em torno do mofo.

Ambos os médicos sabiam que tal substância era um indicativo de bactérias mortas. E, de fato, Fleming constatou que as bactérias próximas ao mofo haviam morrido. Desse modo ele concluiu que o mofo, ou melhor, que um fungo fora o causador da eliminação das suas bactérias. Esse fungo era o Penicillium notatum, do qual mais tarde seria sintetizado o primeiro antibiótico: a penicilina.

E foi assim que um feliz acaso, verdadeiramente extraordinário, permitiu a descoberta e produção de um medicamento que salvaria milhões de vidas nos anos seguintes.

Na realidade, contudo, não houve nenhum acaso nessa história. O que houve foi uma poderosa condução, não visível, que possibilitou ao médico e pesquisador Alexander Fleming trazer uma verdadeira bênção à humanidade sofredora. Isso foi possível porque ele tinha uma vontade realmente sincera de auxiliar o próximo, já trazendo consigo também elevados conhecimentos médicos de outras vidas.

Algumas outras particularidades da descoberta de Fleming mostram com muita clareza a condução atuando por detrás das aparentes coincidências:

1. Constatou-se que o fungo que contaminou a placa é um dos três melhores produtores de penicilina dentre todas as espécies do gênero “Penicillium”.
2. Acredita-se que o fungo tenha chegado até a sala de Fleming pela escada do andar inferior do laboratório, onde estavam sendo realizadas pesquisas sobre fungos.
3. O crescimento, tanto do fungo como da cultura de estafilococos, ocorreu lentamente. Se a velocidade de desenvolvimento das bactérias tivesse sido maior, não haveria a chamada “lise”, que é a substância transparente indicativa da morte de bactérias. Acontece que no mês de agosto de 1928, em pleno verão, sobreveio uma inesperada onda de frio em Londres, a qual proporcionou a temperatura ideal ao crescimento lento da cultura de bactérias.
4. A providencial entrada do Dr. Pryce no laboratório permitiu que Fleming reexaminasse as placas contaminadas e observasse o halo transparente em torno do fungo, antes de sua inutilização.

Louis Pasteur, o fundador da microbiologia, dizia que o acaso só favorece os espíritos preparados, e que ele não dispensa a observação...

Fleming nunca quis patentear sua descoberta, pois acreditava que assim seria mais fácil difundir um produto tão eficaz e necessário para o tratamento das infecções bacterianas.

Roberto C. P. Junior

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra.)

Este post em áudio.

______________________________

Confira os posts desta página já convertidos em áudio acessando as plataformas a seguir:

● YouTube: bit.ly/YT-ODSA

● SoundCloud: bit.ly/Sound-ODSA

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
O Dia Sem Amanhã
Sobre O Dia Sem Amanhã
Roberto C. P. Junior é espiritualista, mestre em ciências, membro da Academia de Letras e Artes de Portugal e autor de seis obras, dentre as quais: O Dia Sem Amanhã, O Filho do Homem na Terra e Jesus Ensina as Leis da Criação, todas publicadas pela Ordem do Graal na Terra, da qual é membro –> bit.ly/livros-OGT. É responsável pela página "O Dia Sem Amanhã" no Facebook, pelo blog odsa.com.br e canal bit.ly/ODSA-YT.
Cafelândia - PR
Atualizado às 13h31 - Fonte: Climatempo
30°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 31°

32° Sensação
16.8 km/h Vento
56.4% Umidade do ar
90% (13mm) Chance de chuva
Amanhã (02/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (03/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias