Segunda, 01 de Março de 2021 14:04
45 99954 3000
Geral Espiritualidade

A Saúde no Tempo dos Incas e na Época Atual

A genuína e desconhecida arte da cura

19/12/2020 08h11 Atualizada há 2 meses
373
Por: Roberto C. P. Junior Fonte: O Dia Sem Amanhã
A Saúde no Tempo dos Incas e na Época Atual

Os Incas foram médicos insuperáveis. Realizavam curas que mais pareciam milagres, porque conheciam a fundo a causa das doenças que afligiam os povos vizinhos, quase sempre originadas da alma, tal como hoje. A “arte da cura” que desenvolveram suplantaria em muito o saber da medicina racionalista de hoje. No entanto, eles somente puderam aperfeiçoar-se nessa arte ao entrar em contato mais estreito com outros povos, pois enquanto viviam em seus vales montanhosos não conheciam doenças.

O povo Inca não sabia originariamente o que eram “doenças”... Mas também não sabiam o que era mentira. Sequer havia na língua deles uma palavra para designar o conceito de mentira. Viviam em irrestrita conformidade com as leis da Criação, de modo natural, durante séculos. Foi o último povo na Terra ainda ligado à Luz.

Em contraste, a quase totalidade da humanidade tem vivido em contraposição às leis naturais por milênios. Por isso, quase todo mundo hoje é portador de alguma doença, mais simples ou mais séria. Trata-se apenas de um dos muitos efeitos negativos de um modo de vida errado, ao qual nos entregamos não apenas nesta, mas também em vidas terrenas anteriores. Semeamos sementes más, e agora colhemos os respectivos frutos amargos.

Para se tentar reencontrar a saúde perdida deve-se, portanto, fazer o movimento contrário até então seguido. Devemos nos esforçar em viver novamente segundo essas leis universais, que testemunham por si a Vontade do Criador, e que nos foram mais uma vez ensinadas com todo amor e paciência por Seu Filho, mediante parábolas. O pressuposto para esse necessário retorno é, antes de mais nada, cuidar de manter corpo e espírito em movimentação, pois o movimento é igualmente uma exigência para tudo quanto foi criado, atuando como uma lei também.

Essa Lei do Movimento estabelece que algo ou alguém só pode conservar-se saudável e útil na Criação caso se mantiver em permanente movimentação. Movimentação terrena e espiritual. A medicina atual sabe da importância da atividade física para a saúde, mas ignora que isso pouco pode adiantar se a pessoa não se obrigar ao mesmo tempo a uma rigorosa atividade espiritual.

Movimentar-se espiritualmente de modo certo é conservar sempre pura a vontade interior, o que, por sua vez, só poderá gerar pensamentos límpidos. É cuidar para que todos os atos e palavras só surjam visando ao bem, ao benefício do ambiente e do próximo. Já a movimentação física não é sinônimo de dedicar-se a algum esporte, que é uma prática provocadora de desequilíbrios, mas sim manter o corpo em rigorosa atividade, abstendo-se de qualquer vício, e, sobretudo, cuidando da alimentação. Comer e beber o que é saudável para o corpo, evitando todo o excesso, sem abrir mão, evidentemente, de algum necessário tratamento médico.

Os Incas sempre se adaptaram naturalmente, com confiança infantil, às três leis básicas que sustentam a obra da Criação: a Lei da Reciprocidade, a Lei de Atração da Igual Espécie, a Lei da Gravidade Espiritual. Por isso eram saudáveis de corpo e alma, plenos de alegria de viver. A alegria que jorrava de suas almas puras originava-se da profunda gratidão que devotavam ao Criador. E essa alegria enfeitava eles próprios e seu ambiente.

Nós, agora, em obediência à Lei do Movimento, temos o dever de nos mexer bem energicamente para conhecer a fundo essas leis básicas e direcionar nossas vidas segundo suas diretrizes. Somente assim a saúde que perdemos, ou melhor, da qual abrimos mão, poderá retornar pouco a pouco aos nossos corpos físicos e anímicos.

Os ensinamentos incas a seguir foram extraídos do livro A Verdade Sobre os Incas, de Roselis von Sass: “Na alma jazem as causas para os problemas de saúde, os quais atormentam os seres humanos de hoje. (...) Enquanto bebermos a água com alma pura, a saúde estará em nossos corpos! (...) O ser humano é responsável por tudo o que o atinge! Ele pode escolher a sua religião, determinando com isso seu destino! A Verdade é vida, Luz… A mentira conduz ao abismo mortal!"

Roberto C. P. Junior

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra.)

Este post em áudio.

____________________________

Confira os posts desta página já convertidos em áudio acessando as plataformas a seguir:

● YouTube: bit.ly/YT-ODSA

● SoundCloud: bit.ly/Sound-ODSA

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
O Dia Sem Amanhã
Sobre O Dia Sem Amanhã
Roberto C. P. Junior é espiritualista, mestre em ciências, membro da Academia de Letras e Artes de Portugal e autor de seis obras, dentre as quais: O Dia Sem Amanhã, O Filho do Homem na Terra e Jesus Ensina as Leis da Criação, todas publicadas pela Ordem do Graal na Terra, da qual é membro –> bit.ly/livros-OGT. É responsável pela página "O Dia Sem Amanhã" no Facebook, pelo blog odsa.com.br e canal bit.ly/ODSA-YT.
Cafelândia - PR
Atualizado às 13h52 - Fonte: Climatempo
30°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 31°

32° Sensação
16.3 km/h Vento
55.4% Umidade do ar
90% (13mm) Chance de chuva
Amanhã (02/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (03/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias