Quarta, 14 de Abril de 2021 04:30
45 99954 3000
Mulheres Plurais UEL

Projeto capacita mais de 70 conselheiros sobre políticas públicas para mulheres

O curso gratuito Planejamento, Gestão e Controle Social de Políticas Públicas conta com aulas remotas pela plataforma Zoom.

01/03/2021 12h02 Atualizada há 1 mês
219
Por: Giovanna Trevelin Fonte: Beatriz Botelho/Agência UEL
Os encontros semanais serão realizados dias 4, 11, 18, 25 de março e 8 de abril. O conteúdo será ministrado por atuantes na luta dos direitos das mulheres, gestoras municipais, além de professoras da UEL. Foto: Divulgação
Os encontros semanais serão realizados dias 4, 11, 18, 25 de março e 8 de abril. O conteúdo será ministrado por atuantes na luta dos direitos das mulheres, gestoras municipais, além de professoras da UEL. Foto: Divulgação

Mais de 70 conselheiras e conselheiros municipais de Londrina e de diversas partes do país iniciaram na última quinta-feira (25), formação para exercício de controle social em políticas públicas para mulheres. O curso é realizado pelo projeto Mulheres Construindo Democracia (MCD), do Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH), em parceria com o Conselho Municipal de Direito das Mulheres e a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, da Prefeitura Municipal de Londrina.

O curso gratuito Planejamento, Gestão e Controle Social de Políticas Públicas conta com aulas remotas pela plataforma Zoom. Os encontros semanais serão realizados dias 4, 11, 18, 25 de março e 8 de abril. O conteúdo será ministrado por atuantes na luta dos direitos das mulheres, gestoras municipais, além de professoras da UEL.

Os participantes terão aulas sobre o histórico do movimento de mulheres no Brasil, os avanços e conquistas na área de políticas públicas, e a transversalidade de gênero. Também serão abordadas ferramentas para o planejamento, gestão e monitoramento dessas ações e a importância da realização de conferências nacionais, estaduais e municipais, assim como dos Planos de Políticas para as Mulheres. A programação completa pode ser conferida na página do projeto MCD.

Projeto

Mulheres Construindo Democracia é um projeto de extensão e de pesquisa que integra grupos da UEL e da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em articulação com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Londrina e outras organizações do poder público e da sociedade civil. O objetivo é realizar atividades de caráter educativo e científico para diferentes públicos e promover a formação em temas relativos aos direitos das mulheres, direitos humanos e desenvolvimento humano sustentável.

“Nosso projeto contribui para aproximar docentes e discentes das necessidade e interesses de gestoras e gestores municipais e da população local na construção de alternativas que possam promover transformações sociais em vista de uma sociedade mais justa, o que passa, necessariamente, pela promoção dos direitos das mulheres e redução das desigualdades de gênero”, afirma a coordenadora do projeto, Silvana Aparecida Mariano, professora do Departamento de Ciências Sociais, do CCH.

O projeto entrou em execução no segundo semestre de 2020 e, segundo a professora, uma série de ações já foram realizadas. A primeira delas foi um curso dirigido para mulheres pré-candidatas nas eleições de 2020. Também foram executadas ações formativas e de sensibilização com mulheres em situação de vulnerabilidade social, para discutir temas variados sobre autonomia feminina, cidadania e democracia.

Para o primeiro semestre de 2021, a professora conta que há um cronograma intenso de atividades. No mês de março, serão realizados três cursos: formação de conselheiras, outro direcionado à formação de estudantes, além da formação de professores da Educação Básica. “Essas atividades estão sempre atravessadas por temas como autonomia das mulheres, feminismo e questões de gênero”, explica a professora Silvana.

As ações planejadas pela equipe do projeto têm relação, segundo Silvana Mariano, com a questão da igualdade de gênero nos espaços de participação política, locais em que a atuação das mulheres tem dimensão mais deficitária no país, conforme os indicadores de desigualdade. “Promover melhorias nas condições que afetam esses indicadores é um meio de produzir efeitos nas demais dimensões que compõem as condições de vida das mulheres, buscando mais equidade de gênero e mais justiça social”, defende a coordenadora do projeto.

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Norte do Paraná
Cafelândia - PR
Atualizado às 04h13 - Fonte: Climatempo
19°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 30°

19° Sensação
12.5 km/h Vento
85.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (15/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Sexta (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias