Sábado, 16 de Outubro de 2021
19°

Pancada de chuva

Cafelândia - PR

Justiça Paraná

Seminário discute proteção intersetorial de crianças e adolescentes

Abertura do evento promovido pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho reuniu mais de 300 pessoas. Os encontros acontecem virtualmente, todas ...

05/05/2021 às 20h45
Por: Da Redação Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
© Rogério Machado/Arquivo AEN
© Rogério Machado/Arquivo AEN

Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, através da Força-Tarefa Infância Segura (Fortis), vinculada ao Departamento de Justiça, realizou nesta terça-feira (04) a abertura do Simpósio Paranaense Intersetorial de Proteção à Criança e ao Adolescente.

No formato híbrido – online e presencial – o evento contou a presença dos representantes das instituições signatárias da Fortis, além da participação de mais de 300 internautas.

Os temas abordados foram a “Proteção à Criança e ao Adolescente: Perspectivas e Complexidades” e “O cenário das violências contra crianças e adolescentes no Paraná”.

“A terceira edição do simpósio nos lembra que cuidar e proteger as nossas crianças e adolescentes, combatendo a violência contra eles, é dever e responsabilidade de todos”, afirmou Ney Leprevost, secretário de Justiça, Família e Trabalho.

Na quinta-feira (06), o seminário terá continuidade com o tema “Lei 13.431/2017: Abordagem Teórica e Prática”. Os encontros acontecem virtualmente, todas as terças e quintas-feiras do mês de maio, das 14h às 18 horas, com transmissão pelo docanal da Sejuf no YouTube.

"Diariamente, crianças e adolescentes são expostos a diversas formas de violência e, por isso, a Força-Tarefa Infância Segura está promovendo o 3º Simpósio Paranaense Intersetorial de Proteção à Criança e ao Adolescente, com intuito de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa de seus direitos”, comentou Silvio Jardim, chefe do Departamento de Justiça e Coordenador da Força-Tarefa Infância Segura.

Participaram da abertura de forma presencial Bruno Muller, da Defensoria Pública; Silvio Jardim, chefe do Departamento de Justiça da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho; Rodrigo Grochocki, da Polícia Científica; Ellen Victer, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente; o coronel Lanes Rendal Prates, da Policia Militar do Paraná, e Silvia Leão, da Ordem dos Advogados do Brasil.

De forma virtual, participaram Maria Goretti, da Secretaria de Saúde,  Angela Mercer, da Secretaria da Educação e do Esporte; Noeli, Salete Tavares, do Tribunal de Justiça; Luciana Libero, do Ministério Público; José Wilson, do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, e Luciano Inácio, da Associação dos Conselheiros Tutelares.

Toda violência contra crianças e adolescentes deve ser denunciada através do 181 ou pelo canal de denúncias  da Secretaria da Justiça (acesseAQUI).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias